Adeque seu elevador às normas de segurança de acordo com a lei em vigor hoje no Brasil e garanta a segurança dos usuários e dos profissionais que cuidam do seu elevador.

Separamos um conjunto básico que deve estar na estrutura de um elevador:

 

Protetor de Polia de Tração

protetor-polia  Norma Técnica:

  NM 207/1.999 – Item 9.6

  Especificações:

  Protege técnicos quando eles acessam a casa de máquinas, evitando ferimentos ocasionados por esbarrões na polia, no cabo de aço ou em qualquer parte móvel da polia de tração.

Protetor de polia do limitador de velocidade

protetor-limitador  Norma Técnica:

  NORMA NM 207/1.999 – Item 9.6

  Especificações:

  Protege técnicos quando eles acessam a casa de máquinas, evitando ferimentos ocasionados por esbarrões na polia, no cabo de aço ou em qualquer parte móvel do limitador de velocidade.

Guarda corpo no topo da cabina

guarda-corpo  Norma Técnica:

NM 207/1.999 – item 8.12.1.

  Especificações:

Na parte superior da cabina é instalado o guarda corpos com suporte para a prevenção de acidentes, evitando a queda durante as inspeções e manutenções.

Escada de acesso ao poço

escada-fundo-poco  Norma Técnica:

207/1.999 – item 5.7.2.

  Especificações:

Proporciona aos técnicos total segurança quando há necessidade de adentrar ao fundo do poço do elevador.

Botoeira de inspeção

botoeira-inspecao  Norma Técnica:

NM 207/1.999 – item 8.3.

  Especificações:

Caso necessite manobrar o elevador pelo poço durante um conserto ou uma ação de manutenção, o técnico terá nesse dispositivo um instrumento que lhe confere total controle do equipamento, e ajuda-o a trabalhar com mais segurança.

Luz e alarme de emergência na cabina

luz-emergencia  Norma Técnica:

  NM 207/1.999 – item 8.16.3

  Especificações:

  Com ele, ninguém ficará no escuro dentro da cabina do elevador, pois em caso de falta de energia a iluminação será mantida por mais de uma hora e o usuário poderá acionar o dispositivo de sirenes no topo da cabina, informando a exata posição do elevador.

Iluminação e emergência no poço Chave P.A.P.

chave-pap  Norma Técnica:

  NM 207/1.999 – item 5.7.2.4

  Especificações:

  As chaves P.A.P. são caixas de inspeção que são instaladas no fundo dos poços e possuem botão de emergência, tomada, luz e demais elementos auxiliares de fixação, com a finalidade de proporcionar condições seguras de trabalho durante os serviços de manutenção e de emergência.

Iluminação da caixa de corrida do elevador

iluminacao-poco  Norma Técnica:

  NM 207/1.999 – item 5.9

  Especificações:

  Kit de iluminação próprio para iluminar o passadiço durante as ações de manutenção corretiva ou preventiva.

Luz de emergência da casa de máquinas

luz-emergencia-maquina  Norma Técnica:

  NM 207/1.999 – item 8.16

  Especificações:

Deve haver uma fonte de iluminação de emergência automaticamente recarregável capaz de alimentar pelo menos duas lâmpadas de igual potência, instalada dentro da casa de máquinas, a fim de garantir a iluminação do ambiente em situação de falta de energia.

Barreira Eletrônica

barreira-infravermelho  Norma Técnica:

  NM 207/1.999 – item 8.7.2.1.3

  Especificações:

  Sensor que, ao identificar uma obstrução em seu leque de ação no vão da porta do elevador, como a mão do usuário, reverte sua abertura caso o movimento tenha sido iniciado, mantendo-a aberta até que a interrupção seja encerrada, evitando graves acidentes.

Interfone

barreira-infravermelho  Norma Técnica:

NM 207/1.999 – item 8.7.2.1.3

  Especificações:

Sensor que, ao identificar uma obstrução em seu leque de ação no vão da porta do elevador, como a mão do usuário, reverte sua abertura caso o movimento tenha sido iniciado, mantendo-a aberta até que a interrupção seja encerrada, evitando graves acidentes.